Lançamento do documentário  “Padres de Ataúro”

Está em lançamento o documentário “Padres de Ataúro”. O brasileiro, e diretor do documentário, Claudio Savaget é um dos criadores, e por décadas diretor do Programa “Globo Ecologia”. 

Foi ao Timor Leste, apaixonou-se pelo lugar e fincou raízes por lá. Tem uma ligação muito forte com as comunidades locais. Foi no Timor que conheceu os padres Luís e Chico, italianos com almas brasileiras (residiram no Brasil por  40 anos),  que desenvolvem um sensacional trabalho na pequena ilha de Ataúro. Entusiasmado com as atividades/projetos dos padres, que se tornaram referência na ilha tanto na questão da educação popular quanto na questão da sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, o diretor produziu um excelente documentário.

Padres de Ataúro é um documentário longa-metragem produzido por Claudio Savaget e pelo Centro Audiovisual Max Stahl para Timor-Leste que enfoca o trabalho de dois Padres Fidei Donum[1] Pierluigi Fornasier (Padre Luis), Diocesano de Bolzano, Bressanone, Itália, e Francesco Moser (Padre Chico), Diocesano de Trento, Itália.

Italianos de nascimento, brasileiros de coração, com quase 40 anos de atividade eclesiástica e pastoral em comunidades carentes de São Paulo e Fortaleza (Brasil). Em 2004, os missionários se mudaram para Timor-Leste onde se fixaram na pequena ilha de Ataúro, habitada por cerca de 12.000 pessoas que sobrevivem basicamente do extrativismo, da agricultura e da pesca.

Além de abordar os diversos projetos de cunho ambiental e social desenvolvidos pelos Padres, o filme revela também as ricas tradições culturais e o fabuloso patrimônio ambiental da ilha, em terra e no mar. Recentemente Ataúro foi eleita pela ONG Conservation International como o lugar que concentra a maior biodiversidade marinha do Planeta.

Este documentário foi produzido por Claudio Savaget, em parceria com o Centro Audiovisual Max Stahl para Timor-Leste (CAMS-TL), e editado pelo timorense Eddy Pinto. Padres de Ataúro é falado em português e destinado a exibição em circuito fechado, Redes de TV e salas de Cinema.

 Padres de Ataúro foi gravado entre 2013 e 2017 em Vídeo de Alta Definição (HDV) e tem 98 minutos de duração.

Depois do lançamento em Timor-Leste (10 de março) que obteve excelente avaliação do público e grande repercussão na mídia local, o realizador, Claudio Savaget, e o editor, Eddy Pinto, seguem numa viagem de lançamento internacional que começou  dia 26 de Maio. São promovidas exibições para convidados, imprensa e outras tantas abertas para as comunidades nas cidades de Trento e Bolzano (Itália); Lisboa e Porto (Portugal); Rio de Janeiro, São Paulo, Natal, Fortaleza e Fernando de Noronha. A presença de um profissional timorense, reforça a identidade do filme e desperta ainda mais a atenção da mídia, contribuindo dessa forma para a divulgação do trabalho.

Padres de Ataúro  também é distribuído em DVD com legendas em Inglês, Italiano, Português e Tétum e inclui ainda vídeos extras que destacam os grupos musicais da ilha de Ataúro, responsáveis pela execução de boa parte da banda sonora do filme. Também fazem parte dos extras duas pequenas sequências que ficaram fora da edição final: as lembranças do escritor timorense Luis Cardoso (que viveu parte da infância e adolescência na ilha) e a que aborda as 3 línguas faladas em Ataúro (Hresuk, Rasua e Raklungu).

[1] Fidei Donum – Padres enviados pelo Papa Pio XII para missões na África e América Latina.

 

Convite

Apresentação do Filme  “Padres de Ataúro”

Estarão presentes o diretor, Claudio Savaget, e o assistente de produção, o timorense Eddy Pinto.

– dia 16 de junho

– às 20h

– Local: CCM- Centro Cultural Missionário – SGAN 905 – Brasília (DF)

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?